Bovespa Mais

Bovespa Mais


Opção para acesso gradual ao mercado de ações para empresas com potencial de crescimento diferenciado.

Autor: Francisco Cavalcante – Diretor da Cavalcante Assessoria Financeira em M&A

  • A empresa e o momento do Bovespa Mais

*  Os sócios são ousados.

*  A empresa tem excelentes oportunidades de crescimento orgânico e por aquisições.

*  Estes investimentos demandam recursos que vão além da capacidade de geração de caixa interna mais a contratação de financiamentos em condições competitivas.

*   Os investimentos, se bem executados, colocarão a empresa num novo patamar a médio prazo. Passará do status de média para grande empresa.

*  Contingenciar investimentos que agregarão valor à empresa está fora de cogitação. Comprometerá a sustentabilidade da empresa a longo prazo.

*   Fundos de Private Equity foram acessados sem sucesso. Não houve alinhamento de interesses.

*   Investidores estratégicos se interessaram em aportar capital de risco no negócio, porém desejavam obter o controle societário majoritário. Os sócios decidiram que não era o momento de renunciar ao controle da empresa. Havia muito valor a ser capturado.

*   Ofertar ações em bolsa interessava aos sócios atuais. O segmento de listagem do Novo Mercado era desejo dos empresários. Porém o tamanho da transação era pequeno e o nível de governança corporativa precisaria subir mais alguns degraus.

*   Qual o caminho que restou para a empresa obter o capital de risco para sustentar seus investimentos?

*   Bovespa Mais sim! Este é o segmento de listagem que encaixa com o momento da empresa.

  • O Bovespa Mais e a B3 – A Bolsa de Valores do Brasil

*  A B3 tem, essencialmente, dois segmentos de listagem: Novo Mercado e Bovespa Mais.

*  Os segmentos de listagem são grupos que classificam as ações negociadas na B3.

*  A B3 criou o Bovespa Mais com o objetivo que ajudar o desenvolvimento do mercado de ações no Brasil.

*  O Bovespa Mais foi planejado para empresas, melhor dizendo empresários, que desejam acessar o mercado de capitais de forma gradual.

*  Gradual é a palavra-chave.

*  Todas as empresas podem acessar o mercado de capitais via Bovespa Mais. Todavia, ele foi pensado para pequenas e médias empresas.

*  O Bovespa Mais embute uma estratégia de acesso gradual.

*  Permite que a empresa se prepare ao longo dos anos, implementando paulatinamente melhores padrões de governança corporativa e mostrando transparência com o mercado.

* A B3 orienta e apoia a execução de uma série de ações de visam tornar a empresa mais conhecido dos investidores e stakeholders. Melhorar a imagem e criar um histórico. Reunião com investidores, bancos e consultorias, assessoria de imprensa, produção de relatórios de análise etc.

* Ao longo do tempo o Bovespa Mais é o caminho para colocar a empresa na vitrine para o mercado, aumentando sua visibilidade para os investidores.

*  Olha eu aqui! Hoje eu sou uma empresa do middle market, mas amanhã serei bem maior e ainda mais lucrativa.

*  O Bovespa Mais possibilita realizar captação de recursos em volumes menores. Porém os recursos são suficientes para financiar os planos de crescimento da empresa.

  • O perfil dos investidores para empresas listadas no Bovespa Mais

*  O Bovespa Mais é adequado para empresas que pelo seu porte e natureza de negócios possam atrair investidores que busquem retornos maiores a médio e longo prazo, do que os esperados em empresas mais maduras.

*  As ofertas do Bovespa Mais podem ser destinadas a menos investidores.

*  Estes investidores conhecem melhor o segmento onde a empresa opera, além de entenderem melhor o momento em que a empresa se encontra.

*   Estes investidores geralmente estão dispostos a esperar por retornos maiores no médio e longo prazo, em detrimento da liquidez imediata.

*   Bovespa Mais para acesso gradual ao mercado de ações

*   O segmento de Bovespa Mais permite efetuar a listagem da empresa sem oferta imediata de ações.

*   A empresa pode listar a empresa na B3 e tem até 7 anos para realizar o IPO.

*   É ideal para empresas que querem acessar o mercado aos poucos.

*   Neste período de espera a empresa vai trabalhando na profissionalização do seu negócio em alto nível, crescendo a taxas atraentes, até alcançar o momento certo para a oferta de ações.

*  Em conformidade com o acesso gradual, não há exigência de número mínimo de ações em circulação no momento da listagem.

*  No entanto, as empresas deverão, ao longo de sete anos a partir da listagem, atingir o mínimo de 25% de ações em circulação.

*  Transcorrido esse prazo, as empresas listadas no segmento devem manter, pelo menos, tal percentual.

*   Empresas listadas no Bovespa Mais são isentas da taxa de análise para listagem de emissores, que é cobrada pela B3 para listagem de companhias.

*  Também recebem desconto regressivo na anuidade, sendo 100% no primeiro ano.

*  No Bovespa Mais, os investidores encontrarão empresas que procuram se desenvolver no mercado de ações com três compromissos:

  1. Adotar elevados padrões de governança corporativa;
  2. Buscar aumento da liquidez de suas ações; e
  3. Assumir postura proativa para atração de novos investidores.

*  Os dois primeiros compromissos são assumidos formalmente no momento da adesão ao segmento por meio da assinatura do Contrato de Participação no Bovespa Mais.

*  Já a postura proativa, 3º compromisso, decorre da visão dos acionistas controladores e administradores da empresa assumirem que o mercado acionário é parte integrante de estratégia de aceleração de crescimento.

* O Bovespa Mais segue os mesmos princípios do Novo Mercado em termos de boas práticas de governança corporativa.

*   No entanto, os requisitos de listagem do Bovespa Mais são mais adequados a empresas que desejam ingressar no mercado de capitais de forma gradativa.

* A segmentação entre Novo Mercado e Bovespa Mais facilita a identificação, por parte dos investidores, de um conjunto de empresas que adotam elevados padrões de governança corporativa e, ao mesmo tempo, estão em fase de crescimento e ampliação de liquidez.

* Todas as regras de listagem do Bovespa Mais são compatíveis com as do Novo Mercado.

*  Assim, as empresas que se listam no Bovespa Mais tendem a migrar naturalmente para o Novo Mercado à medida que diversificam sua base acionária, embora tal migração não seja obrigatória.

  • Resumo dos compromissos societários das empresas do Bovespa Mais
  1. Emitir apenas ações ordinárias;
  2. Não ter partes beneficiárias;
  3. Mandato unificado de 2 (dois) anos dos membros do Conselho de Administração;
  4. Em caso de alienação de controle, todos os titulares de ações têm direito de vendê-las nas mesmas condições obtidas pelo controlador (tag along);
  5. Realizar oferta pública de aquisição (OPA) de ações em circulação, no mínimo pelo valor econômico, nos casos de saída do segmento ou de cancelamento
  6. de registro de companhia aberta; e
  7. Aderir à Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM) para a solução de conflitos societários.
  • O Bovespa Mais interessou? Sugestões para um próximo passo

*  Entre em contato com a B3;

*   Fale com a área de mercado de capitais dos bancos que atendem sua empresa;

*Fale com seus advogados e auditores, deste que tenham notória experiência em operações no mercado de capitais;

*  Fale com Francisco Cavalcante. Use nosso formulário de contato.

 

Clique e faça o download do conteúdo ‘O BOVESPA Mais’.